Programa de Extensão Apple de Reparos não cobre mais Macbook Pro 2011.

A Apple identificou que uma pequena porcentagem de sistemas MacBook Pro pode apresentar distorção, ausência de vídeo ou reinicializações inesperadas. Esses sistemas MacBook Pro foram vendidos entre fevereiro de 2011 e dezembro de 2013. Click Aqui e confira a matéria na íntegra.

A Apple ou um Centro de Serviço Autorizado Apple (AASP) efetuará o reparo dos sistemas MacBook Pro afetados gratuitamente.

No fim de fevereiro de 2016, quando o prazo do programa estava para ser encerrado, a Apple resolveu estendê-lo até 31 de dezembro de 2016 ou por até três anos da data original de compra.

Ontem, a página do recall foi mais uma vez atualizada com duas mudanças: primeiro, saíram do programa todos os MacBooks Pro de 2011; segundo, o prazo agora é de até quatro anos da data original de compra, para MacBook Pros modelos Retina de 15″ de meados de 2012, ou Retina de 15″ do início de 2013.

Se você tiver um desses laptops com problemas de vídeo distorcido ou embaralhado na tela do computador, ausência de vídeo na tela do computador (ou tela externa) apesar de o computador estar ligado, bem como reinicializações inesperadas do computador (kernel panics), verifique a cobertura dele no site da Apple.

Não perca tempo.

VIA MACRUMORS

Write a Reply or Comment

Your email address will not be published.